Capas Incríveis #19

Eaí, como vão?

Mais um Caaaaaapas Incríveis só com capas sensacionais! Agora, além de colocar imagens de capas, irei adicionar um breve resumo da edição, série, afins, e também seus autores. Preparados?

Terminal City #2 – julho/1998 – editora Abril

Uma sociedade futurista de robôs e carros voadores, Terminal City é uma metrópole utópica que entrou em colapso. Dominada por oficiais corruptos e impiedosos gangsteres, a cidade se tornou um santuário de sonhos perdidos e espíritos quebrados. Mas quando um amnésico acorrentado a uma misteriosa maleta aparece de repente no hotel mais luxuoso da cidade, uma variedade de personagens excêntricos recebe uma segunda chance de redenção. Agora como um ex-temerário, um boxeador aposentado, e um ator esquecido, cada um irá reclamar o controle de suas vidas, irão entrar em uma extravagante trama de corrupção, traições, e jóias lendárias da coroa serão sua salvação ou sua danação. Escrito por Dean Motter e desenhado por Michael Lark.

Série Traço e Riso #2 – 1984 – editora Circo

Por Chico Caruso.

Rex Mundi #4 – novembro/2011 – editora Devir

Uma busca pelo Cálice Sagrado diferente de qualquer outra que você já viu começa aqui, num mundo onde a Guerra Civil americana terminou em um impasse, a Igreja Católica controla a Europa e a feitiçaria determina o poder político! Quando um códice medieval desaparece de uma igreja em Paris, o Doutor Julien Saunière investiga o acontecimento, descobrindo uma série de terríveis assassinatos ritualísticos e uma antiga sociedade secreta. Julien não pode permitir que essas figuras sinistras se ocultem nas sombras, pois precisa impedir que recomecem sua matança novamente. No entanto, sua investigação vais se transformar numa jornada solitária e perigosa em meio aos segredos bizarros do Catolicismo. História por Arvid Nelson e lápis de Eric J.

Entrequadros – A Walk On The Wild Side – abril/2010 – editora Balão Editorial

A edição tem duas HQs: Wake Up, adaptação livre de um texto de Nick Farewell, autor do romance GO, e A Walk on the Wild Side, que dá nome ao livro e é inspirada em um conto de Pedro Cirne, jornalista da Folha de S.Paulo e do UOL. Por Mário César.

Encore – outubro/2009 – editora Mondo Urbano

Mondo Urbano é uma caótica graphic novel, narrada por meio de uma série de vinhetas, que leva os leitores para uma desbravadora e excitante jornada através de um mundo… urbano… de sexo, drogas e rock’n’roll. Por Mateus Santolouco, Eduardo Medeiros e Rafael Albuquerque.

Caliban #7 – 1998 – Independente

Por Colin, Celton e Shimamoto.

Café Espacial #4 – maio/2009 – editora Quarto Mundo

Café Espacial é uma publicação independente, que tem a intenção de registrar e resgatar a força e o potencial cultural das histórias em quadrinhos, da literatura, contos e entrevistas. Enfim, das artes como um todo.
A revista é fruto de um esforço coletivo, onde todos os envolvidos colaboraram de maneira direta, enfatizando apenas a divulgação da cultura. A revista tem a colaboração de grandes artistas e profissionais da área, como Fábio Lyra, Laudo Ferreira, DW, Samanta Flôor, Mario Cau, Ebbios, Fernanda Chiella, entre outros.
A Café Espacial traz em suas páginas as seções Café literário (contos); Além do cinema; Mais uma dose (com estudos sobre os mais diversos aspectos culturais); Arte revelada (fotografias); e a Cafeína pura! (música, sempre com bandas entrevistadas e resenhas de materiais).

Amazing Muchachas – 1990 – editora Ninja

Amazing Muchachas é uma história tão estranha quanto o título. Lideradas pelo hacker multibilionário Michael (um nerd feio e raquítico que usou sua herança pra se isolar completamente do mundo. Conectado à rede, seu arquétipo é o de um musculoso rapaz loiro em trajes de tarzan – com direito a citações de Edgar Rice Burroughs), três garotas, Susan, Sam e Selene entram na rede para encontrar Sharon (como se já não fossem mais que suficientes os nomes com “S”), a amante virtual de Michael. Por Hector Gómez Alisio.

10 Pãezinhos Crítica – janeiro/2004 – editora Devir

10 PÃEZINHOS: CRÍTICA é uma coletânea de histórias de amores perdidos e sonhados, sobre juventude e experiências recém-adquiridas, mas, acima de tudo, uma bela homenagem à amizade! Por Fábio Moon e Gabriel Bá.

7 Irmãos #2 – setembro/2007 – editora Panini

600 anos atrás, um poderoso navio de tesouro partiu pelos oceanos do mundo. Alcançaram cada continente, descobriram cada terra bem antes que os grandes exploradores da história roubassem o crédito para seus feitos. Agora, na Los Angeles moderna, sete homens com nada em comum, exceto seus destinos, são colocados juntos a serviço de uma misteriosa jovem. Uma profecia antiga deve ser cumprida. Algo terrível está vindo através dos séculos. Há um mundo para ser salvo… e a nossa única esperança é um grupo diferente com ditos “irmãos” e um poder muito terrível para ser usado. Escrito por Garth Ennis, arte de Jeevan Kang e criado por John Woo.

Dúvidas, críticas, sugestões e comentários são bem vindos! Até a próxima 😉 Aaah, não esqueça de compartilhar com seus amigos =)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s