Artistas #22 – Moebius

Jean Henri Gaston Giraud (8 de maio de 1938 – 10 de março de 2012) foi um artista de quadrinhos francês, trabalhando na tradição francesa das bandas desenhadas (bandes dessinées). Giraud ganhou fama mundial sob o pseudônimo Moebius, e um pouco por Gir (usado na série Blueberry), com a assinatura aparecendo em uma caixinha na parte inferior de suas artes. Estimado por Federico Felini, Stan Lee e Hayao Miyazaki entre outros, foi aclamado internacionalmente. Foi descrito como o artista de bandas desenhadas mais influente depois de Hergé.

Entre seus mais famosos trabalhos está a série de faroeste Blueberry, que ele co-criou com o escritor Jean-Michel Charlier, um dos primeiros anti-heróis de faroeste a aparecer nos quadrinhos. Como Moebius, ele criou uma vasta gama de quadrinhos de ficção científica e fantasia em um estilo altamente imaginado e surreal quase abstrato, os mais famosos são Arzach, Garagem Hermética, e o Incal. Blueberry foi adaptado para a telona em 2004 pelo diretor francês Jan Kounen.

Moebius contribuiu para storyboards e desenhos de concepção de numerosos filmes de ficção científica e fantasia, entre eles Alien, Willow Na Terra Da Magia, Tron (1982) e O Quinto Elemento.

Algumas Obras:

  • Como Jean Giraud
    • Blueberry (29 volumes, English translation, 1965 -), artista (todos), escritos vol. 25 a 29.
    • Jim Cutlass (7 volumes, 1979 – 1999), artisat vol. 1, escritor 2 a 7.
    • XIII (volume 18, La Version irlandaise in 2007), artista.
    • Marshall Blueberry (3 volumes, 2000), escritor.
    • Le Cristal Majeur (3 volumes, 1986 – 1990), escritor (artista: Bati), Paris: Dargaud.
  • Como Moebius
    • Les Maîtres du temps (“Time Masters, 1982), arte.
    • Venise céleste (1984), texto e arte.
    • Le Monde d’Edena (1985-2001), texto e arte.
    • Altor (7 volumes, 1986 – ), texto.
    • Silver Surfer: Parable (Original em Inglês, com texto de Stan Lee, 1988-1989), arte.
    • Escale sur Pharagonescia (1989), texto e arte.
    • The Long Tomorrow (Original em Inglês, 1989), artista
    • Les Vacances du Major (1992), texto e arte.
    • Le Coeur couronné (“The Crowned Heart”, Tradução inglesa, 1992), arte.
    • Les Histoires de Monsieur Mouche (1994), arte.

Contribuições para o cniema:

  • “Death Note” (adaptação da série criada por Tsugumi Ohba e Takeshi Obata para o cinema, 2010)
  • “Strange Frame: Love & Sax” (2010)
  • “Arzak Rhapsody” (mini-série, 2003)
  • “Space Jam” (“Space Jam: O Jogo do Século”, 1996)
  • “The Abyss” (“O segredo do abismo”, 1989)
  • “Little Nemo: Adventures in Slumberland” (adaptação da série criada por Winsor McCay para o cinema, 1989)

Fonte: Wikipedia

É indiscutível a importância de Jean Giraud para o gênero de ficção científica e fantasia. Por aqui, as obras de Moebius foram publicadas por diversas editoras como Abril, Vecchi, Globo, Panini, Devir, e mais recentemente a editora Nemo. Fiquem com uma galeria caprichada de Moebius!

Fonte: Urge Mag

Fonte: Urge Mag

Fonte: Syti.net

Fonte: Syti.net

Fonte: Techedon

Fonte: Techedon

Fonte: Techedon

Fonte: Techedon

Dúvidas, críticas, sugestões e comentários são bem vindos. Se gostou, compartilha com seus amigos, se não, compartilha mesmo assim 😉 Até!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s