Grandes Clássicos DC #7 – Panini

Título: Grandes Clássicos DC
Editora: Panini
Volume: 7
Data: Maio/2006
Roteiro: Dennis O’Neil
Desenho: Neal Adams
Gênero: Super-herói
Número de páginas: 208
Preço de capa: R$ 25,90
Origem: Estados Unidos

Mostrar o lado humano dos heróis é essencial. E foi essa proposta de Dennis O’Neil ao colocar os heróis Arqueiro Verde e Lanterna Verde fora de suas zonas de conforto. Com o brilhante traço de Neal Adams, o 2º volume com as aventuras dos heróis “esmeralda”, traz um compilado das edições americanas: Green Lantern 83 a 87 e 89, e Flash 217 a 219 e 226.

O encadernado possui uma introdução de Dick Giordano, o arte-finalista de algumas destas edições, em que comenta o processo criativo das histórias. Inclusive é mostrada a repercussão na vida real da história em que o Ricardito usa drogas, e como ela se tornou importante para seu combate, segundo palavras do então prefeito de Nova Iorque, John V. Lindsay.

 “…e uma criança os destruirá!”

Usar crianças para atingir seus objetivos não é nada legal. E é o que vemos aqui, o malvado Grandy usa os poderes pscicocinéticos de uma pobre menina para aleijar Carol Ferris, e realizar outras obras malignas. Ele também mandar matar o Lanterna Verde, Canário Negro e Arqueiro Verde. Ao final, vilão vencido, vemos uma bonita cena em que Hal Jordan declara seu amor a Carol!

“A ameaça de plástico”

Atraído para uma cilada na cidade de Piper’s Dell, o Lanterna Verde se vê as voltas com seu inimigo, o Mão Negra! O vilão controlou a população com promessas de uma vida fácil e através do uso do Ruído Kaluta, que faz uma espécie de lavagem cerebral no indivíduo, obrigando-o a fazer o que o vilão quiser. Agora o Lanterna tem que se salvar a si mesmo e sua namorada Carol. Claro, com uma mão do Arqueiro Verde.

“Herói aplicadinho”

Oliver Queen é atacado na rua por drogados, que usam uma de suas flechas para feri-lo. O moribundo Oliver caminha pelas ruas atrás de ajuda, porém todos dão as costas a ele, até mesmo os ditos “justos” policiais, e as “bondosas” enfermeiras. Em uma aventura sombria pelo tráfico de drogas, o Lanterna se une ao Arqueiro para descobrir como conseguiram um de seus artefatos. Os heróis foram drogados pelos traficantes que estavam perseguindo, e experimentam uma “viajada”,  e são derrotados naquele momento. No momento que regressa a seu lar, Oliver se depara com Roy Harper, o Ricardito, usando drogas….

“Dizem que elas matam… mas não dizem quando”

Aceitar que uma pessoa próxima usa drogas é difícil, e isso é evidente na cena de Oliver batendo em Roy. Um dos “amigos” de Ricardito morre de overdose, um dos piores fins que um usuário de drogas pode ter. O Arqueiro parte para se vingar dos traficantes e descobre que o chefe é um milionário que faz pose de bom samaritano, mas que possui seu laboratório de desenvolvimento de drogas. Enquanto isso, o Lanterna encontra Roy e o leva até Dinah, a Canário Negro, e vai atrás do Arqueiro. Ao final da história, Ricardito revela que as drogas foram um meio para escapar da carência de afeto que a ausência do Arqueiro proporcionou.

Roy aparentemente deixou de se drogar. E a situação dele levanta uma questão importante: quantos e quantos jovens não encontram nas drogas uma fuga para seus problemas?

“O mal sucumbirá ante minha presença”

Hal Jordan teve quase todos os motivos do mundo para desconfiar de que John Stewart seria um péssimo lanterna substituto para a Terra. Um cara que encrenca com policiais, não gosta de usar a máscara de Lanterna, não respeita políticos, covarde e um tanto imprevisível. Mas que no fim, consegue desmascarar uma conspiração que iria jogar o país em uma guerra civil, por causa de cor de pele… Mesmo assim, Stewart consegue agradar Hal, e passa a ser o mais novo Lanterna substituto!

“O que se pode fazer?”

Oliver Queen é convidado para se candidatar a prefeitura de Star City. Ele então faz uma série de ligações telefônicas para seus “super” amigos pedindo conselhos. Porém, o que o motiva realmente é um conflito armado entre  civis e policiais. A morte de um garoto e de outras 4 pessoas, e mais alguns feridos, são motivo suficiente para Oliver decidir se candidatar a prefeito, para fazer as coisas certas.

“…e, através dele salvar o mundo…”

Hal Jordan irá visitar a Ferris Aeronáutica, empresa de Carol, e de carona leva Oliver Queen. O pai de Carol Ferris tenta salvar sua companhia ao montar um jato que utiliza combustível barato… Para impedir a todo custo este crime ambiental, temos o ativista Isaac que é uma espécie de Jesus do século XX. Este bravo homem não irá medir esforços para impedir que o projeto do jato se concretize. Porém, o que ele não contava e nem nossos heróis, é que nem todos da cidade da Ferris Aeronáutica concordam com isso, e estão dispostos a literalmente crucificá-los por isso! A morte de Isaac é bela e nos remete aos momentos finais de Cristo na cruz.

“A morte de um arqueiro”

Em uma briga, o Arqueiro Verde atira acidentalmente uma fleche contra um bandido, que morre. Oliver fica chocado e larga tudo. Dinah avisa Hal de que há algo errado com o Arqueiro, e o Lanterna vai atrás dele.

“Arqueiro Verde está morto”

Oliver Queen está em um jato sobrevoando montanhas, e ejeta seu banco de piloto. No solo, começa a caminhar em direção a um mosteiro, onde busca a redenção. Canário Negro está procurando o Arqueiro, porém cai numa emboscada dos fanáticos seguidores da Irmã Joshua. Dinah é quase morta, porém é salva pelo Lanterna.

“O destino de um arqueiro”

Canário Negro é atropelada por um carro desgovernado enquanto fala ao telefone. Hal Jordan vai atrás de Oliver para que ele faça uma transfusão de sangue para Dinah. O Lanterna segue a pista de que o avião do Arqueiro caiu nas montanhas da Califórnia. Hal o acha no mosteiro da história anterior. Lá, Oliver é orientado a voltar a assumir sua natureza de herói, pois é o que ele é. Hal Jordan consegue resgatar Oliver Queen e já planeja a viagem de volta para Star City. Porém, a ameaça de um inimigo improvável irá forçar o Arqueiro a superar o trauma da morte, e salvar seu amigo Lanterna.

“O anel energético sem poder”

História curtinha solo do Lanterna Verde. Hal Jordan está acampando, e entre os ingredientes de seu jantar estão cogumelos, que atrapalham o funcionamento de seu anel energético. Recado dado de Denny O’Neil: não coma cogumelos que você não sabe a procedência.

—–

Ao final do encadernado, conferimos uma galeria com as capas de Green Lantern & Green Arrow. Há também um posfácio escrito por Levi Trindade, que nos situa um pouco nos acontecimentos mundiais da época em que as HQs foram originalmente publicadas.

Vale a pena ler? Sim, este encadernado possui temas universais, como drogas, racismo, preservação do meio-ambiente, então certamente irá agradar até os que não são fãs de quadrinhos. Essa edição é leitura essencial, e que por ter uma abordagem mais direta com certeza tem o poder de atingir o público-alvo: a juventude. Porém, a realidade aqui não é exposta totalmente nua, ela possui alguns colantes esmeralda que dão o toque especial.

Música-tema: Foo Fighters – My Hero. “There goes my hero/Watch him as he goes/There goes my hero/He’s ordinary”. “Lá vai meu herói/Observe-o enquanto vai/Lá vai meu herói/Ele é comum”. Exatamente o que o Lanterna/Arqueiro são nestas aventuras, comuns como eu ou você.

Galeria de capas:

Green Lantern Vol 2 #83 – maio/1971 – Neal Adams

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Green Lantern Vol 2 #84 – julho/1971 – Neal Adams

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Green Lantern Vol 2 #85 – setembro/1971 – Neal Adams

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Green Lantern Vol 2 #86 – novembro/1971 – Neal Adams

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Green Lantern Vol 2 #87 – janeiro/1972 – Neal Adams

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Green Lantern Vol 2 #89 – maio/1972 – Neal Adams

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Flash Vol 1 #217 – setembro/1972 – Nick Cardy

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Flash Vol 1 #218 – novembro/1972 – Nick Cardy

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Flash Vol 1 #219 – janeiro/1973 – Irv Novick

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Flash Vol 1 #226 – abril/1974 – Nick Cardy

Fonte: DC Wiki

Fonte: DC Wiki

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s