X-Men #75 – Panini

Título: X-Men
Editora: Panini
Volume: 75
Data: Março/2008
Gênero: Super-Herói
Número de páginas: 100
Preço: R$ 6,90
Origem: Estados Unidos

X-Men – Ao investigar o misterioso laboratório que estava fazendo experiências com mutantes, o grupo de Vampira descobre que um velho conhecido da mutante está por trás de algo que pode virar uma verdadeira pandemia.

As edições americanas X-Men 194 e 195 foram escritas por Mike Carey e desenhadas por Humberto Ramos. O que vemos aqui é a ameaça de mais um vilão super poderoso, que derrota pelo menos 5 X-Men. Um conceito ultrapassado e que vira e mexe volta.

Destaque mesmo para a cena inicial de Lady Mental, em que engana a todos numa disputa de quem “vira mais copos de bebida”. Fora isso, a aventura segue os tradicionais clichês: um suspeito é interrogado, descobrem um possível local do vilão, todos são derrotados, e no final o Dentes de Sabre é jogado de um avião com a promessa de quebrar tudo.

Fabulosos X-Men – O que restou do grupo de Xavier conseguiu encontrar os Piratas Siderais, que agora são a última esperança para salvar Lilandra de um golpe de estado.

Uncanny X-Men 482 possui roteiro de Ed Brubaker e lápis de Billy Tan. Gosto das aventuras em que os Shiars aparecem. É sempre sinal de muita confusão cósmica, com direito a amores estelares, e conflitos de poder. Ah, não podemos esquecer dos Piratas Siderais.

Para variar, o Professor X está cativo, e resta ao mutante Darwin fazer este resgate sozinho. Enquanto isso, um ataque é planejado pelos Piratas Siderais e os X-Men. E a história convence e cria um clima de guerra. Mas poderia ser melhor.

Novos X-Men – Mercury foi seqüestrada pelo mesmo grupo que criou a X-23 e, para salvá-la, Laura contará com a ajuda do Satânico.

Craig Kyle & Chris Yost são os responsáveis da história de New X-Men 34, e Paco Medina pela arte. O início da história traz a interessante transformação mutante da jovem Cessily, em que ela adquire pele de mercúrio. Esses momentos são marcantes, e vemos que muitas mutações são únicas.

No presente, Mercury foi sequestrada pelo Complexo, organização que criou a X-23. Agora, a X-23 e o Satânico irão atrás da amiga para resgatá-la. O diálogo entre os dois não poderia ser melhor, duas pessoas extremamente cabeça-dura, discutindo o que é o melhor a se fazer no momento.

Vale a pena ler? Novos X-Men certamente é o destaque, pois é objetiva e direta, enquanto as duas outras histórias ficam batendo cabeça com enredos paralelos. Em termos de desenho, fico com Paco Medina, já que o traço extremamente caricato de Humberto Ramos não me agradou muito, e Billy Tan tampouco.

Música-tema: Deep Purple – Space Truckin’. “We had a lot of luck on Venus / We always had a ball on Mars / Meeting all the groovey people / We’ve rocked the Milky Way so far”. “Tivemos um bocado de sorte em Vênus / Sempre nos divertimos em Marte / Encontramos todos as pessoas legais / Agitamos toda Via Láctea”.

X-Men Vol 2 #194 – fevereiro/2007 – Humberto Ramos

X-Men Vol 2 #195 – março/2007 – Humberto Ramos

Uncanny X-Men Vol 1 #482 – março/2007 – Billy Tan & Danny Miki & Frank D’Armata

New X-Men Vol 2 #34 – março/2007 – Paco Medina &  Juan Vlasco

Dúvidas, comentários, sugestões e críticas são bem vindos. Não esqueça de compartilhar com seus amigos 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s