X-Men #50 – Panini

Título: X-Men
Editora: Panini
Volume: 50
Data: Fevereiro/2006
Gênero: Super-Herói
Número de páginas: 100
Preço: R$ 6,90
Origem: Estados Unidos

X-Men – A traição do Fanático abre as portas do Instituto Xavier à Irmandade de Mutantes, que pega os X-Men desprevenidos e deixa um rastro de destruição e morte na conclusão de Heróis & Vilões.

Escrito por Chuck Austen e desenhado por Salvador Larroca, as edições americanas X-Men 162 a 164, trazem a eletrizante conclusão da aventura iniciada na edição anterior. Destrutor organiza sua equipe de X-Men para ir atrás do pequeno Sammy, que foi procurar seu amigo Fanático. Nesta busca, eles se deparam com a Irmandade de Mutantes. Daí, a porrada come.

Chuck Austen entrega todos os clichês de uma típica pancadaria de super-heróis contra vilões: os mocinhos perdem o primeiro combate, os antagonistas chegam a seu QG destruindo tudo, e lá são derrotados pelos heróis! Ah, com direito a mais um dos infinitos combates definitivos entre Wolverine e Dentes-de-Sabre.

Em paralelo a tudo isso, temos a trágica morte de um pequeno mutante, um dos pontos altos da história. Há também a partida da enfermeira Annie e seu filho Carter, que promete enredo para o futuro. Não podemos nos esquecer das divertidas cenas entre o Gambit cego e a menina Mindee.

A arte de Larroca combina perfeitamente com a grandiosidade que é a batalha narrada por Austen. Ela não deixa a dever em nenhum momento, com alguns momentos épicos como Black Tom destruindo a Mansão X, e Jay Guthrie salvando Gambit e Mindee de uma explosão.

Novos X-Men – Academia X – A prisão de Kevin Ford divide opiniões e pode levar Sofia a unir-se aos Satânicos.

A penúltima parte da história “Escolhendo Lados” foi publicada originalmente em New X-Men Academy X #5, e escrita por Nunzio Defilippis e Christina Weir com desenhos de Michael Ryan.

Ao que parece o enredo de Novos Mutantes Academia X vai entrando nos eixos. Há um interessante debate, entre Emma Frost e Dani Moonstar, sobre se Kevin Ford deve ser levado ou não sob custódia do FBI. Além disso, vemos o engraçado triângulo amoroso Laurie, Josh e Rahne, e como isto ainda pode render, visto que Rahne é professora de Josh.

A equipe dos Satânicos representa o melhor que há na rebeldia jovem. Nervoso com toda a situação da prisão de Kevin Ford, Julian prepara sua equipe dos Satânicos para poder resgatá-lo.

O traço suave, e um pouco puxado para o mangá, de Michael Ryan ajuda a história a fluir melhor. Depois de ler algumas edições você se acostuma, e fica estranho ver estes personagens desenhados por outros artistas.

Vale a pena ler? Sim. A primeira parte da revista conta com um interessante e divertido embate entre X-Men e Irmandade de Mutantes, já a outra traz as histórias de jovens mutantes que além de enfrentarem problemas de “mutantes”, enfrentam também os problemas da adolescência.

Música-tema: Metallica – Seek and Destroy.

Capas americanas:

X-Men #162 – novembro/2004 – Salvador Larroca

X-Men #163 – dezembro/2004 – Salvador Larroca

X-Men #164 – janeiro/2005 – Salvador Larroca

New X-Men Academy X #5 – novembro/2004 – Randy Green

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s