Capas Incríveis #007 Especial Vertigo

Boas!

Como vão? Hoje em Capas Incríveis vou fazer um apanhado só do selo Vertigo! Mas, quem raios é Vertigo?

Vertigo é um selo da editora americana DC Comics. Suas obras são direcionadas para uma audiência sofisticada, e podem conter violência gráfica, uso de drogas, insinuações sexuais, profanidade, e assuntos controversos. Apesar de muitos de seus títulos serem do gênero terror e fantasia, há também trabalhos sobre crime, sátira social, ficção especulativa, e biografias.

Fonte: Wikipedia

Irão haver outras seções “especiais”, só que com outros temas. Preparem-se porque vem coisa boa por aí 😉 Fiquem agora com esta seleção especial.

100 Bullets #86 – janeiro/2008 – Dave Johnson

Ok, vemos aqui um cara mal-encarado sob a luz de um holofote, e apoiado em um machado com manchas de sangue. Quer capturar o clima de uma história pela capa? Faça como Dave Johnson. 100 Bullets está em publicação no Brasil com o nome 100 Balas, pela editora Panini.

Y The Last Man #32 – junho/2005 – Massimo Carnevale

Se eu visse uma moça com um “corpão” empunhando uma espada, eu faria a mesma cara que o macaco Ampersand. Ou você teria culhões suficiente para encarar esta donzela como faz o jovem Yorick Brown? De qualquer forma, uma bela capa em que a variação utilizada da cor azul é incrível. Y – O Ultimo Homem é publicado por aqui pela editora Panini.

Fonte: DC Wikia

Fonte: DC Wikia

The Invisibles vol. 3 #7 – outubro/1999 – Sean Philips

Ah, os desenhos em preto e branco, eu acho cativante! E ainda mais quando uma bela moça joga um xadrez um pouco diferente com a dona Morte (que aliás já apareceu aqui), e ao fundo alguns amigos brincando de ciranda, ao som de um sax. Uou, santa maluquice! Os Invisíveis foi publicado por aqui pelas editoras Pixel, Brainstore, Magnum e Tudo em Quadrinhos.

Fonte: Fanpop

Fonte: Fanpop

Swamp Thing vol. 4 #22 – fevereiro/2006 – Eric Powell

O amor não tem gênero, nem espécie. Apesar do Monstro do Pântano já ter sido um homem, ele não perdeu sua capacidade de amar. E lendo rapidamente esta capa é possível constatar isso. Belíssima arte de Eric Powell.

Fonte: iFanboy

Fonte: iFanboy

Sandman #27 (edição brasileira) – janeiro/1992 – Dave McKean

Não tem muito o que dizer de Sandman. E esta capa fala por si só. Eu poderia dedicar um post inteiro, mas por enquanto deixo vocês com só uma capa da edição brasileira publicada pela editora Globo. Hoje, Sandman está sendo publicado em formato “definitivo” pela editora Panini.

Preacher #56 – dezembro/1999 – Glenn Fabry

Desenhos que possuem muitos personagens me chamam a atenção. Ainda mais quando você vê tantas figuras bizarras, desde uma mulher caolha, até um cara que parece ter o rosto de “cabeça para baixo”. Glenn Fabry abusou da criatividade. Preacher está sendo publicado pela editora Panini também.

Fairest #8 – outubro/2012 – Adam Hughes

Adam Hughes nos mata do coração com suas maravilhosas mulheres. De onde ele tirou tamanha inspiração para esta moça dos cabelos dourados? É o tipo de desenho que imprimo em tamanho maior e mando emoldurar. Fairest por enquanto não é publicado no Brasil, mas é possível conferir as séries Fábulas e João das Fábulas pela Panini.

DMZ #63 – março/2011 – John Paul Leon

Um desenho que mescla elementos de grafite, com fotos recortadas. O resultado final é surpreendente. Uma arte que nos passa frieza e medo ao mesmo tempo. John Paul Leon acertou em cheio. DMZ teve 4 encadernados publicados pela Panini, e algumas edições pela Pixel Media.

Loveless #1 – maio/2006 – Marcelo Frusin

O faroeste era duro para algumas pessoas, e mais ainda para outras. Vemos um homem que aparentemente está executando uma vingança. Mas qual o motivo? A dama de vermelho ao fundo do desenho? Marcelo caprichou, e nos entrega uma sinopse da HQ em forma de arte. Loveless – Terra Sem Lei teve 4 encadernados publicados por aqui pela Panini.

Spaceman #6 – abril/2012 – Eduardo Risso

Uma menina inocente segurando um revolver numa mão, e na outra um balão de um astronauta. Atrás dela, uma cidade em chamas. Que atire a primeira a pedra quem acha que ela não é a culpada. Risso com sua arte impecável cria um mistério tão grande e é bem possível que a capa nada tenha a ver com a história dessa edição. Spaceman é publicado na revista Vertigo, sob o nome Homem do Espaço, também pela Panini.

O selo Vertigo além de excelentes histórias, possui grandiosíssimas capas que acabam se tornando marcas registradas de suas HQs. Se vocês gostaram, tem dúvidas, ou sugestões, podem mandar seus comentários. Sintam-se a vontade para compartilhar com seus amigos 😉 Nos vemos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s