Lost Canvas Gaiden #3 – JBC

Título: Cavaleiros do Zodíaco – The Lost Canvas: Gaiden
Editora: JBC
Volume: 3
Data: Outubro/2012
Roteiro / Desenhos: Shiori Teshirogi
Gênero: Mangá
Número de páginas: 196

Até que ponto vale ser imortal? Quais suas motivações para viver para sempre? Este é o tema do terceiro volume da série Gaiden do spin-off Cavaleiros do Zodíaco – The Lost Canvas. Desta vez, Shiori Teshirogi escreve sobre as aventuras do cavaleiro de ouro Dégel de aquário ambientadas na França do século 18.

Dégel se apresenta no baile de gala da senhora Garnet junto da senhorita Seraphina, filha do senhor de Bluegraad. Lá, ele salva a jovem servente Fluorite dos maus-tratos de um convidado. Passado este stress inicial, a bela senhora Garnet surge cantando, o que comove e hipnotiza todos os convidados presentes, exceto Dégel. Esta “resistência” de Dégel certamente chama a atenção de Garnet, o que a motiva a tirá-lo para uma dança.

Rapidamente, sabemos o real motivo da presença do cavaleiro de aquário neste baile de gala. O Grande Mestre do santuário de Athena pediu a Dégel que investigasse o desaparecimento de Krest. Este que também é o mestre do cavaleiro de aquário. Aparentemente, Krest estaria aprisionado nos domínios de Garnet.

Está dada a largada para a história. Vemos a senhora Flaille invadindo o baile com um exército para matar a senhora Garnet, alegando que a anfitriã roubou seu marido e levou Flaille a miséria. E as coisas pioram com o surgimento das Joias, os guerreiros de Garnet. Aonde entra Krest nesta trama? Simples, ele é a joia Koh-Í-Noor. Mas por que um cavaleiro de Athena se rebelou e agora é “mal”? Simples, por causa da vida eterna. Mas por quê? Só lendo pra saber.

Shiori traz mais um enredo sensacional, mostrando que é capaz de entregar “pequenos” contos que têm seu próprio universo quase independente da série Lost Canvas. Aqui temos o velho clichê de Cavaleiros do Zodíaco, em que quase sempre temos um guerreiro de Athena que se rebela contra a deusa, mas em seguida encontra sua redenção.

Os desenhos da mangaká no baile de gala, e nas pedras preciosas que Garnet utiliza, são um destaque. Apesar de um traço bem feminino, um misto entre shojo e shonen, Teshirogi desenha belas figuras femininas. Ao final da edição, há um pequeno texto da autora comentando alguns detalhes do mangá.

Vale a pena ler? Sim. Espero que leiam de cabo a rabo em uma tarde só como eu fiz.

Música-tema: Nobuo Uematsu – Waltz for the Moon. Pra entrar no clima de baile de gala, o tema da valsa que acontece no jogo Final Fantasy 8. Quem jogou vai sentir uma pontada de nostalgia 😉

Gostou? Então compartilhe com seus amigos 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s