Corporação Batman #1 – Panini

Título: Corporação Batman
Editora: Panini
Volume: 1
Data: Fevereiro/2012
Gênero: Super-herói
Número de páginas: 132
Preço de capa: R$ 15,90

Batman japonês, argentino, inglês, da etnia que você imaginar. Anteriormente, o roteirista Grant Morrison colocou Bruce Wayne para anunciar publicamente que financia o Batman e que montou uma rede de homens-morcego pelo mundo. Um conceito audacioso, que Morrison executa muito bem.
Nesta aventura, vemos Batman recrutando diversas pessoas ao redor do mundo para que possam seguir os ideais do homem-morcego, e assim combater o crime e defender a justiça. O primeiro destino de nosso herói é o Japão.
Lado-a-lado com a Mulher-Gato, eles irão atrás do herói Sr. Desconhecido, mas antes que possam recrutá-lo , terão que enfrentar o vilão Lorde Homem-Morte. Uma trama dividida em duas partes recheada de pancadaria, tiros e o sadismo puro do vilão, que surpreende qualquer um com sua loucura.
Desta vez sozinho, Batman vai para a Argentina recrutar o herói El Gaucho. No começo, vemos os dois heróis combatendo o vilão Papagayo. Só que desta vez, o antagonista é somente uma parte de uma tramoia muito maior, e que irá envolver um amor do passado de Bruce Wayne, um ex-cientista nazista, a Batgirl e o herói inglês Capuz.
Este primeiro volume pulicado pela Panini traz as edições Batman Incorporated de 1 a 5 (de janeiro até maio de 2011), desenhados muitíssimo bem por Yanick Paquette e Chris Burnham (somente a quarta história).
O desenho de Yanick pode soar estranho no início, mas tão logo ele te convence com a sensualidade de suas figuras femininas, a forma como desenha a cabeça de caveira, a riqueza de seus cenários, e as expressões faciais de seus personagens.
Burnham também não fica atrás, e o maior destaque de sua passagem são as páginas de flashback da personagem Kathy Kane. Foi desenhado para que o leitor voltasse até a década de 60 e 70, onde vemos um Batman que lembra muito o Adam West.
Este compilado brasileiro ainda conta com um prefácio escrito por Levi Trindade (editor da DC Comics), que serve para nos situar dentro de tudo o que o roteirista Grant Morrison já escreveu para o homem-morcego desde 2006.
Vale a pena ler? Sim, vale até mesmo para quem não é fã do Batman. Esta edição brasileira está muito caprichada, e com certeza o prefácio serve para um leitor mais casual de quadrinhos. Grant Morrison nos entrega uma obra muito dinâmica, e que promete muito mais ação e reviravoltas para a continuação.

Música escolhida: Pearl Jam – World Wide Suicide. A letra fala de um mundo em caos, e isso tem a ver com a temática da história escrita por Morrison.

Capas americanas:

Batman Incorporated #1 – Janeiro/2011 – Batman Wikia

Batman Incorporated #2 – Fevereiro/2011 – Batman Wikia

Batman Incorporated #3 – Março/2011 – Batman Wikia

Batman Incorporated #4 – Abril/2011 – Batman Wikia

Batman Incorporated #5 – Maio/2011 – Batman Wikia

Anúncios

Uma resposta para “Corporação Batman #1 – Panini

  1. Pingback: Retrospectiva 2012 | HQ com Música·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s